Amooooores, olha só, quem está postando resenha, duas vezes na mesma semana haha.
Pois é, milagres acontecem...

Mas, vamos direto ao ponto. Eu nunca fui muito de ler séries, mas, quando pego uma para ler não consigo parar. Foi assim com os Bridgertons, foi assim com A Seleção e está sendo com a série Paixões Gregas da autora parceira Mônica Cristina. 

O primeiro livro da série Um Amor Como Vingança (Leia a resenha aqui) ganhou um espaço especial no meu coração. A história dos quatro irmãos que são abandonados pela mãe ainda pequenos e precisam lidar com diversas dificuldades após a morte do pai mexeu comigo e fez com que eu me apaixonasse por cada um desses meninos.

No segundo livro cujo título é Destinos Cruzados, vamos conhecer mais sobre o Heitor que #momentoconfissão, no primeiro livro foi o que menos chamou a minha atenção, mas, que se tornou um dos meus queridinhos.

Heitor é o segundo mais velho dos irmãos Stefanos. Muito sensato, responsável, mora em Londres e é executivo, assim como Leon e Ulisses. É um rapaz muito família, mas, assim como os outros, defende com unhas e dentes o lema: "Os Stefanos não se casam".

Mas um belo dia, durante a troca dos móveis da empresa da família, a secretária de Heitor encontra em uma gaveta que estava trancada a muito tempo, um envelope. Ao se inteirar do conteúdo, ela corre até ele e o entrega.

Ao abrir, Heitor encontra uma carta. E ao terminar de ler, chega a conclusão de que sua vida nunca mais será a mesma. Na carta, uma garota que ele teve um breve romance há sete anos, revela que está grávida. Heitor fica em choque. Ele tem um filho (ou filha).

Heitor vai atrás então de sua ex secretária. E ao questioná-la, descobre que ela escondeu a carta durante todos esses anos, porque era apaixonada por ele e sentia muito ciúmes.

Graças ao seu prestígio, não demora muito para que Heitor descubra onde sua filha mora. Mas, ao chegar ao endereço, ele tem uma surpresa. É um bairro bastante simples e humilde, muito diferente de onde ele imaginava que sua ex, Patricia Barnes, uma patricinha mimada e fútil,  morasse. Ao tocar a campainha, ele se depara com uma mulher, não é Patrícia. Mas, é a mulher mais linda que ele já viu.

Ao abrir a porta, Olivía Barnes leva um susto. Ela sabia que um dia Heitor Stefanos aparecia em sua vida e na de sua filha, mas, não imaginou que o encontro seria assim. Desde que a pequena Lizzie nasceu, ela fica aos cuidados de Liv, que na época, tinha apenas 18 anos.

O pai de Olívia havia se casado com a mãe de Patrícia quando ela ainda era uma menina e as duas se tornaram irmãs, mas, nem a mãe e nem Patrícia gostavam realmente de Liv. Quando o pai dela morreu, as duas se afastaram completamente da garota. Liv só voltou a ver Patrícia quando a mesma apareceu em sua casa, desesperada e carregando um bebê no ventre. Ela queria abortar. Olívia não mediu esforços e a fez desistir. Mas, quando Lizzie tinha apenas dez dias, a mãe a abandonou para fugir com um milionário, mas, acabou doente e falecendo três meses depois.

Olívia ficou sozinha com uma recém nascida e tomou para si a responsabilidade de cuidar da garota. Com apenas 18 anos, Liv se tornou mãe e é renunciou a tudo para ficar com Lizzie. E agora quando a garotinha já tem sete anos e se tornou a razão da vida dela, o pai aparece.

Ao ver a filha, Heitor se derrete e diz para si mesmo que não desistirá até ter a garota com ele. Mas, Olívia é forte e não entregará a menina tão facilmente. E como se não bastasse todos esses conflitos, a atração entre os dois é instantânea. 

Como a pequena Lizzie reagirá ao conhecer o pai? Será que Heitor será capaz de separar mãe e filha? Liv conseguirá resistir ao charme e a atração que sente por Heitor? Só lendo o livro para saber.

Gente, esses irmãos Stefanos, estão me deixando sem fôlego. É um mais maravilhoso que o outro. Estou ansiosa pelos próximos livro e um passarinho me contou que na próxima segunda terá o lançamento do terceiro livro da série. 

Uma coisa que adorei nesse segundo livro, é que podemos conhecer melhor, além de Heitor, os outros personagens. Principalmente, o Nick. Não sei porque, mas, ele é o meu irmão favorito e não vejo a hora de ler a história de amor dele.

Então é isso.
Vou deixar o link aqui embaixo. O livro está disponível na Amazon e logo logo teremos resenha do próximo livro aqui no blog.


BJOOOOOOOO








Hello amoooores.
Estava ansiosa para escrever sobre livro. 
Digamos que ele foi o livro mais SURPREENDENTE que li esse ano.
Claro que eu já esperava muito dele, pois (me perdoem por isso) sou daquelas que julga o livro pela capa. Não que isso me impeça de ler alguma história, mas, cá entre nós, com uma capa bonita, o desejo pelo livro, fica mais intenso né?
Então, ainda sobre a capa. Tem neve gente! NEVE. Eu ainda não tive a oportunidade de ver a neve, mas, é simplesmente O SONHO DA MINHA VIDA e não vou desistir até conseguir.

Mas, vamos lá. O livro em questão é o É Inverno da autora parceira Cecília Mouta. 

Bora pra resenha né? Izzy, Lil, Sam e Mat são melhores amigos desde sempre. E olha que os quatro tem apenas oito anos. Aliás, abrindo um parêntese, eu adorei isso. Sério mesmo. Foi muito bom ler um livro tendo como narrador uma criança e a autora conseguiu transmitir isso de uma maneira extraordinária: a inocência, o fato deles não conhecerem o significado de certas palavras. Adorei.

Mas, voltando, os quatro amigos estudam na mesma escola e são crianças normais e felizes. Mas, é aí que descobrimos que Lil tem um dom diferente. Ela tem pesadelos. Até aí tudo bem. Só que não! Os pesadelos de Lil, acontecem na vida real (quer dizer, no livro).

E em mais um dia de inverno, Lil chega desesperada na escola, passando muito mal e revela aos amigos Izzy e Mat que teve um de seus pesadelos. E para a agonia das crianças, justamente nesse dia, Sam não vai a escola.

Horas mais tarde, elas enfim descobrem o pior: Sam sofreu um acidente e está em coma. As crianças tentam manter a fé, mas, é em vão: Sam morre e isso abala a estrutura dos três amigos. Mat culpa Lil pela morte do melhor amigo e se afasta de vez das meninas, que com a perda do colega, se aproximam ainda mais.

A história dá um salto de 9 anos. Izzy e Lil agora são líderes de torcida e as mais populares da escola. Matt se torna dependente químico e nunca mais quis saber das melhores amigas de infância. Apesar de nunca ter esquecido Sam, por quem era apaixonada, Izzy seguiu a sua vida (ou achou que tinha seguido?). Mas, é aí que o surpreendente acontece. Ela começa a ver Sam em todos os lugares que está. Mas, Sam não está morto? Como isso é possível? O que está acontecendo? Apenas lendo o livro para saber haha..

Mas, te garanto com toda a sinceridade do mundo. VALE A PENA A LEITURA.

Vou deixar aqui embaixo o link onde você pode adquirir o livro e o instagram da autora.

bjoooooo





Hello...
Tudo bem com vocês?

Hoje vamos falar do livro Uma vez você, uma vez eu do autor parceiro Diego Martello. Eu estava bem ansiosa para ler esse livro e minhas expectativas foram atendidas e até mesmo superadas. Demorei muito a concluir a leitura, porque não estava muito bem, esses últimos. Ainda não aprendi a separar problemas pessoais das outras coisas. Vocês me entendem, né?

Pois bem, o livro conta a história de William, que desde o começo me pareceu ser um rapaz um tanto quanto complicado. Cheio de perguntas, dúvidas e complexos interiores. William também é muito reflexivo e pensa muito sobre diversas coisas que muitas vezes nós não damos a devida importância. 

Logo no início, ele recebe uma ótima oferta de emprego e aceita na hora. Mas, o seu futuro chefe, pede para que ele pense por alguns se é o que realmente deseja. William fica pensativo, mas, aceita a proposta, sabendo que não mudaria de ideia. Ele aceitaria o emprego. Ao voltar para casa, encontra a esposa Eva, triste, devido a mais uma tentativa frustrada. Os dois lutam a anos para ter um bebê e não conseguem de maneira nenhuma.

Eva então conta ao marido que o pai dele, com quem William tem sérios problemas de relacionamento, quebrou a perna. Receoso, ele decide visitar ao pai. E nessa visita, tudo pode acontecer. Será um momento de descobertas, surpresas, cura e até mesmo reencontro com alguém que William achava que nunca mais poderia ver.

Recomendo muito a leitura desse livro. 

É um aprendizado novo a cada página! Adorei mesmo. De verdade.

Vou deixar os links aqui embaixo.

Um beijo e até mais!

ADQUIRA O LIVRO: UMA VEZ VOCÊ, UMA VEZ EU.




Hello amores.
Aqui estou eu, me desculpando mais uma vez pelo sumiço. Faculdade, serviço e problemas pessoais. Essa foi a razão pela qual desapareci outra vez, mas, estou de volta.

E hoje vamos falar de um livro que me deixou apaixonada pelo mocinho, ou seria, um dragão?

Estou falando do livro Selene e o Dragão - A Última Lua Azul da autora parceira aqui do blog, Marília G Barbosa. A história gira em torno da guerra entre humanos e dragões e é cercada por lendas e por vários deuses.

Logo no primeiro capítulo já conhecemos a mocinha Selene, que na verdade é uma menina guerreira e que adora algo que no livro foi banido a muito tempo e que poderia causar a morte da menina: a magia. Selene sempre foi uma garota intuitiva e é esse sexto sentido (ou não) que a faz passear pela floresta enquanto a vila em que ela morava com os tios é totalmente destruída pelo fogo, causando assim a morte de quase todos os moradores, menos de Selene.

Em meio a fuga, ela ouve um barulho e se depara com um dragão que havia acabado de cair em uma armadilha. E ao ouvir as vozes dos caçadores que já vinham para terminar de vez com a vida do suposto inimigo, ela não pensa duas vezes: abre o seu velho livro de feitiços e transforma o dragão a sua frente em um humano.

Os caçadores vão embora e após o susto inicial e uma rápida discussão, por mais impossível que possa parecer, Selene e Drake se aproximam e decidem seguir juntos, já que Drake decidi seguir o código de honra entre os dragões. Ele precisa salvar a vida dela por duas vezes.

Sem saber para onde ir, os dois vão seguindo. Drake passa uma parte do dia na forma humana, já que é a única maneira em que consegue se comunicar com Selene, que a cada dia se torna mais importante para ele.

A amizade entre os dois cresce e no meio disso, surge Chase, um caçador de dragões. Quando Selene encontra Diana, a Deusa da Lua, que lhe dá uma missão, encontrar a pedra Crysanthia.

Mesmo contra a sua vontade, mas, não tendo outra alternativa, Selene parte junto com os seus dois novos amigos em busca da pedra e muita coisaaa acontece nesse meio tempo.
Muitas surpresas, muitos mistérios, muitas emoções, além de claro, uma boa pitada de romance. 

Separei para vocês o que para mim, foi o trecho mais lindo do livro <3 <3 

"Selene ainda estava um pouco nervosa, porém, ela conseguiu sorrir de uma forma reconfortante e quase incrédula.
 - E você acha mesmo que eu, uma pessoa simples e comum, pode fazer alguma diferença no mundo? Não são todos que vão mudar de ideia por minha causa.
  Consegui sorrir um pouco. Eu não era tão ingênuo assim.
"Certamente que não. Só que uma mudança assim não acontece do nada, tem que começar em algum lugar. Se a gente não fizer a nossa parte, se não lutarmos pelo que acreditamos, ninguém mais o fará. Tentar fazer qualquer é melhor e mais útil do que ficar sem fazer nada."

Então é isso! O livro é LINDO, MARAVILHOSO e Drake é o meu novo crush literário.

Aqui embaixo o link onde você pode adquirir o livro e o instagram da autora.



Bjo para vocês e até a próxima <3




Hello amores.
Tudo bem com vocês?
Os últimos foram muito difíceis para mim. Aconteceram coisas que partiram o meu coração e me levaram para o fundo do poço. Mas, vou superar, vou me reerguer e sei que Deus está ao meu lado nessa caminhada. E aos que me magoaram, o meu perdão.

Hoje trago a resenha de um livro supeeer especial que li bem rapidinho, enquanto voltava da faculdade. Já faz um tempo que li, mas, não estava muito bem para escrever. Mas, vamos lá. O nome dele é Eu sou mesmo assim ... Gabriela. Ele é uma coletânea de poesias e pensamentos da Gabriela Rossi Bernardes.

Gabi tem 22 anos e foi diagnosticada aos 11 meses com paralisia cerebral. As várias idas ao médico, fisioterapeuta e outros profissionais da saúde nunca foram capazes de impedir Gabi de fazer alguma coisa. Ela terminou o ensino médio e se prepara para o vestibular. Pretende fazer pedagogia, se especializar em libras e se tornar uma intérprete. Alguém tem alguma dúvida que ela vá conseguir? Eu não tenho nenhuma, essa garota vai longeeeeee!

A autora escreve muito bem e a diagramação do livro é linda. Destaque para a capa. O livro é bem fininho, dá para ler rapidinho. Mas, é bom meditar em todas os versos escritos por Gabriela. Ela tem muito a nos ensinar.

Separei alguns trechos dos meus poemas favoritos:


"Pessoas com deficiências são descriminadas
Por pessoas que também tem uma deficiência
A incapacidade de se colocar no lugar do outro".
  - IGUALDADE

"Voar é sonhar alto
Ter esperança,
Acreditar que é capaz
De subir da vida".
  - VOAR

"Medo, não dá mais.
Tristeza, já chega
Mulher tem que ter dignidade
Ser vista com respeito
Receber carinho
Cadê a igualdade?
  - MULHERES

Viram só que coisa mais lindaaaa! 
Vou deixar aqui embaixo o link do insta da Gabi.

https://www.instagram.com/rosbergabi/

Espero que tenham gostado de mais uma resenha e volto logo logo!! <3