5 anos. 5 anos se passaram desde que Jesus me colocou no colo numa terça-feira a tarde e disse que amava. 5 anos se passaram desde que tive um encontro com Deus e fui tocada por Ele de uma maneira muito especial.


Ao olhar para trás e para os dias de hoje percebo que conheço Deus bem menos do que gostaria. Percebo que cometi muitos erros ao longo da minha caminhada cristã. Em diversas situações, olhei para o homem e não para Aquele que deu a vida por mim.
Muitas vezes, me esqueci do Deus que me tirou do fundo do poço e acreditei no deus que eu mesma criei.

Nós temos a mania de criar várias faces para o Senhor que não pertencem a Ele. Ele não é um velho rabugento que não vê a hora de se vingar quando fazemos algo que não o agrada. Ele não é um padrinho mágico, que tem que atender os nossos pedidos no momento em que os fazemos. Ele não faz o que queremos, Ele faz o que precisamos. Ele é, no momento certo, a pessoa certa. Se nos sentimos órfãos, Ele é nosso Pai. Se nos sentimos sozinhos, Ele é o amigo. Se nos sentimos cansados, Ele é o descanso. Se estamos doentes, Ele é a cura. Deus é Deus, em todas as circunstâncias. Nos momentos alegres ou nos de tristeza. Nos momentos de fartura ou de escassez. Nos momentos de sorrisos ou nos de lágrimas. Ele sempre está presente. Ele sempre está no controle.
        
Ao longo desse cinco anos conheci diversas faces do Senhor. Conheci o Deus justo que nos ensina quando cometemos algum erro. Conheci um Deus misericordioso, capaz de perdoar, o que não tem perdão. Conheci um Deus zeloso, que manda um estranho com um guarda -chuva para que você não molhe. Conheci um Deus sábio, que sabe o tempo certo para todas as coisas. Conheci um Deus sensível que manda alguém que nunca vimos para falar aquilo que nosso coração anseia por ouvir.

Não foram nada fáceis esses cinco anos, mas foram, os melhores de toda a minha vida.
Obrigada Papai por não ter desistido de mim. Eu amo Você!

Deixe um comentário