A vida é cheia de surpresas, de acasos e de coincidências. Ou será que é tudo uma questão do destino? Apesar do título, o livro O Segredo do Meu Marido trás aos leitores três histórias diferentes que em algum momento se encontram e nos surpreendem de uma maneira incrível.

Imagine, que você encontre uma carta escrita pelo seu marido endereçada a você, mas que só deve ser aberta após a morte dele? Essa é a dilema de Cecília. Imagine que o seu marido e sua prima/melhor amiga cheguem para você e digam que estão apaixonados um pelo outro? Esse é o drama de Tess. Imagine que o seu filho decide ir embora para Nova York levando o seu neto, que é única razão pela qual você se mantém de pé. Essa é a situação de Rachel. 

Eu confesso que minhas expectativas estavam bem baixas em relação a esse livro. Mas, a medida que você vai se envolvendo com a história não consegue parar. A que menos me empolguei, foi a da Tess, eu esperava um pouco mais e sinceramente, não vi conexão entre a história dela com as outras. Agora a da Cecília com a da Rachel foi uma surpresa atrás da outra.

É um livro muito bom que nos leva a refletir sobre várias coisas do tipo: Conhecemos bem a pessoa que está ao nosso lado? Até onde as consequências dos nossos erros pode afetas as pessoas que amamos?

DICA: LEIA O EPÍLOGO COM MUITA ATENÇÃO!

"Nenhum de nós conhece todos os possíveis cursos que nossas vidas poderiam ter tomado. E provavelmente é melhor assim. Alguns segredos devem ficar guardados para sempre. "
- O Segredo do Meu Marido

Deixe um comentário